quinta-feira, junho 05, 2008

orkut - Sempre sentirei raiva dele. O gosto amargo daquilo passou quente na minha gargan...

PRETO E BRANCO

As fotos em preto e branco
expostas nas paredes do quarto.
Dizem tanto de ti!
O negro amor
a percorrer destinos,
a acordar as dores,
a perturbar silêncios.

As palavras santas
repetidas nas orações,
tantas vezes esquecidas!

Ó!toda a alma
vestida de abandonos.

Deus parecia fugir
de tua alma
e não tinhas pecado
para confessar
depois do meio-dia.

E toda a tua vida
se divide nos traços
e linhas da vida
em preto e branco.

Um comentário:

Lucas F.de Sousa disse...

Estou muito feliz por você ter lido o meu texto e de ter se inspirado após lê-lo. O seu poema ficou muito lindo e não resisti e tive que recitá-lo para mais pessoas. Adorei as novas postagens e continue assim... Quero ver mais!
Abç!!!